Por que mais um blog sobre maternidade?

Desde menina, sonho em ser mãe. Antigamente, queria ter quatro filhos. Bom, esse número eu abandonei, mas o sonho continua. Agora, aos 32 anos, ele está próximo de se realizar. Assim espero. Estou, oficialmente, tentando. Há um ano estou tentando me preparar – emocional e psicologicamente – para essa “viagem” e, por ser uma leitora meio obsessiva, estou com um ano de informação e pensamentos acumulados. Sempre gostei de escrever e de expor minhas análises e opiniões (nada ortodoxas) a amigos e conhecidos, e quando nasceu a ideia de ter um blog achei o que havia encontrado o meu caminho. Afinal, a blogosfera é o lugar perfeito para desconhecidos monologarem sobre tudo o quanto é assunto! E, de quebra, eu transformaria minha busca incessante por informação em algo que poderia ajudar os outros. Mas a verdade é que esse desejo de discursar sobre temas muito queridos ficou muito tempo na incubadora. Ao longo de meses acompanhando, conhecendo e pesquisando blogs e sites relacionados a maternidade, duas perguntas teimavam em aparecer para freiar a minha empolgação:
1. Por que criar mais um blog sobre maternidade se tudo que eu penso já foi dito antes e, geralmente, de forma muito eloquente, profunda e bem humorada?
2. Quem vai querer acompanhar um blog sobre gravidez, parto e maternidade de alguém que não é nem mãe, nem doula, nem obstetra, nem consultora em amamentação, nem pediatra e nem “baby expert”?

Antes de entrar nos assuntos que quero abordar aqui no blog – dos mais fúteis (enxoval, brinquedos, roupas) aos mais filosóficos (o que é uma boa mãe, como fazer escolhas conscientes na gravidez e parto, por que amamentar é tão difícil) – preciso responder a essas perguntinhas chatas. Espero que as respostas sirvam, de certa forma, como uma apresentação.

1. Pois bem. Não prometo que esse blog será especial, nem mesmo que haverá um “diferencial” ou um ponto de vista focado no público x, y ou z. Só posso afirmar que três aspectos fundamentais da minha identidade o nortearão: minha cabeça de antropóloga e feminista, minha vivência como editora (e devoradora) de livros e, por fim, minha paixão pelo tema. Eu entendo esse universo da gestação e da maternidade como algo que está inserido na nossa cultura e que, portanto, é influenciado por vários fatores (ideologia, questões econômicas, mitos e preconceitos). Acho fundamental expor e debater esses fatores e elementos para que cada mulher possa fazer escolhas conscientes e inteligentes baseadas em suas crenças e individualidade, e não no discurso do status quo – ou, pior, no que sua mãe/sogra/obstetra/pediatra mandam. Essa minha inclinação questionadora, plural e, sim, um tanto idealista será a marca desse blog.

2. Se alguém vai se interessar por minhas reflexões ou provocações, honestamente, não tenho como saber. Espero que sim. Espero mostrar que mesmo não sendo médica nem mãe, tenho acesso a informações cientificamente válidas (artigos acadêmicos, livros escritos por profissionais de saúde, psicólogos, cientistas sociais) e culturalmente relevantes (experiências e histórias de mulheres e mães de todos os estilos e procedências) que podem ser interessantes para quem busca refletir sobre o assunto. Espero também que, justamente por causa dessa minha condição nada especialista, você, leitora, possa ver em mim uma amiga: um espelho, um trampolim, um ponto de partida para explorar a sua própria identidade materna – seja você tentante, gestante, mãe ou meramente uma interessada no assunto. Enfim, só desejo que esse blog possa contribuir para a sua viagem rumo à mãe que você quer ser.

Seja bem vinda.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

7 Respostas para “Por que mais um blog sobre maternidade?

  1. Ameeeeeeeeeei o seu blog. Sempre que possível, acompanharei. Também não sou mãe, ainda. Tenho 30 anos e há um tempão venho estudando sobre parto domiciliar e espero poder realizar esse sonho quando estiver grávida.
    Parabéns pela iniciativa.
    Beijo!

  2. Bem vinda ao clube, Patrícia! Espero te ver sempre por aqui, para trocar ideias. Obrigada pelos elogios! Fico feliz :-) Bjo!

  3. Juliana

    Muito obrigada por ter criado o blog!
    Existe espaço (e como) para reflexões inteligentes e bem embasadas na blogosfera materna, sim!
    Li seus textos de cabo a rabo (já virei fã) e mesmo se eu soubesse escrever assim tão bem não conseguiria expressar melhor do que você a importância de cada uma das questões abordadas.
    Sou médica, psiquiatra, mãe de primeira viagem da Luiza (que nasceu de um parto normal que rende boas histórias), e uma das maiores defensoras da maternidade aventura. Vale cada centavo.
    Só discordo de você quando diz que não é uma especialista por não ser mãe ou médica (e posso discordar justamente por sê-los) pois ambos não garantem essa visão tão especial, e até agora não te fizeram falta alguma!
    Muito obrigada mesmo por dividir tudo isso!
    E parabéns pela coragem de abraçar a causa! (não somos muitas, mas é bom saber que temos companhia, né?)
    <3

    • Juliana, adorei suas palavras elogiosas. A verdade é que, como ainda não sou mãe, às vezes tenho vergonha de assumir para as pessoas que eu tenho um blog sobre maternidade. Você me ajudou a ter ainda mais convicção por este projeto pessoal. Mil vezes obrigada pelas carinhosas palavras de apoio. Um beijo, Clarissa

  4. Laís F

    Nossos começos foram bem parecidos! rs!
    Muito bacana!
    (Dei uma lida por cima de cabo a rabo, e seu blog já está na minha listinha. Adorei, assim que tiver um tempinho, dou uma lida mais detalhada.)

    Beijos

  5. Patrícia

    Sou uma nova seguidora e confesso q desde q li o primeiro texto não consegui mais parar…
    É tanta coisa relevante, interessante, engraçada q precisei me conter e organizar para lê-lo na íntegra…rs
    Por isso começo a postar aqui: no início d tudo!
    Farei questão d ler um tópico (ou mais, certamente) por dia!
    Me identifiquei d+ com esse espaço, e quero aproveitar para parabenizá-la pela idéia e brilhante condução da mesma!
    Fiquei fã!
    Bjks 1000

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s