20 dicas para ser uma mãe mais ecológica

Aproveitando o clima da Rio+20 e da Semana do Meio Ambiente, resolvi fazer uma lista de 20 atitudes simples que você pode tomar em prol do planeta, lembrando que se adotar pelo menos uma medida em cada categoria (alimentação, higiene, filosofia de vida, lazer e geral), amanhã já será uma mãe mais ecológica e sustentável do que hoje.

Alimentação
1. Amamente o máximo possível: quanto mais tempo você conseguir amamentar o seu filho, menos gastará com leite industrializado, cujo processo de fabricação utiliza muitos recursos do nosso planeta (veja a dica #3).

2. Evite comida industrializada: eu sei que é prático comprar potinhos de papinha em vez de fazer a própria comida pro seu bebê, mas existem comidas rápidas mais naturais e ecologicamente corretas. As frutas são o fast food perfeito. Você pode descascar e oferecer ou raspar com uma colher antes.

3. Coma menos carne: nossos amigos bovinos (vacas e bois) estão entre os maiores produtores de gás metano, cujo excesso é uma das principais causas do aquecimento global. E grande parte do desmatamento que acontece no Brasil é para abrir espaço para a agropecuária (ou para plantar milho ou soja para o gado consumir). Tudo isso é para criar animais que irão para o abate e depois para nossos pratos. Portanto, tirar a carne do seu cardápio é possivelmente a melhor coisa que você poderá fazer pelo futuro do planeta.

4. Prefira alimentos de origem local: quando você compra frutas e legumes da estação ou produzidos localmente, menos combustível foi usado para transportá-los até o mercado. Portanto, calce o tênis e vá à feira! (aliás, esse também é um programa bacana para levar as crianças)

Higiene
5. Use fraldas de pano: as fraldas de pano consomem menos recursos do que as descartáveis – mesmo levando-se em conta a água para sua lavagem – e hoje em dia são muito práticas, confortáveis e lindas. Se você ainda não conhece as fraldas de pano modernas, não sabe o que está perdendo.

6. Use paninhos laváveis em vez de algodão ou lenços descartáveis: para fazer a higienização do bebê entre as trocas de fralda, considere substituir o algodão ou lenços descartáveis por paninhos umedecidos com uma solução caseira de água, óleo (de amêndoa ou de bebê) e um tiquinho de sabonete líquido neutro. Depois é só jogar na máquina e lavar com suas roupas. Os paninhos podem ser fraldinhas ou retalhos de camisetas velhas. Quer algo mais ecológico do que isso?

7. Elimine os supérfluos: Metade dos itens na prateleira para bebês na farmácia são completamente desnecessários. Seu bebê não precisa de hidratante, perfume e nem de shampoo (muito menos condicionador). Se você usar fraldas de pano, também pode riscar dessa lista as pomadas tipo hipoglós.

8. Corte pela metade a quantidade de produtos de limpeza e higiene pessoal: Mesmo eliminando os supérfluos, você pode ser ainda mais ecológica (e econômica) usando quantidades menores dos produtos que compra. Isso vale especialmente para coisas como pomadas e pastas (faça o teste: passe a usar bem menos, pra você fazer como não faz a menor diferença no resultado), e também para produtos de limpeza da casa (sabão em pó e amaciante em especial).

Filosofia de vida
9. Evite a tentação de dar mimos e presentes para mostrar o seu afeto: Cada produto que você compra aumenta sua pegada ecológica e se você costuma mostrar afeto presenteando o seu filho, você ainda o ensina a ver o consumo como uma atitude de amor. Acredite em mim: eu sofro disso, mas quanto mais eu aprendo sobre ecologia, mais sei o quanto é importante comprar e gastar menos.

10. Valorize o ser e não o ter: de novo, isso tem a ver com o excesso de consumo, que por motivos óbvios está relacionado ao desmatamento, à poluição e diminuição dos recursos naturais. Quando valorizamos atividades e atitudes relacionadas ao ser (experiências, pensamentos, emoções), reduzimos a necessidade de ter (brinquedos, roupas de marca, gadgets).

11. Crie um pequeno consumidor consciente: quem entende a história dos alimentos e itens que consome (sua origem, a cadeia de produção etc.) e de como isso impacta o meio ambiente já está a meio caminho andado de mudar suas práticas. Mas é preciso dizer que isso se aprende pelo exemplo e não só com palavras, então primeiro experimente ser uma consumidora consciente você mesma!

12. Ame e respeite a natureza: só um amor profundo e incondicional por esse nosso incrível planeta será capaz de nos impulsionar a mudar nossos hábitos enraizados. Eu adoro ver documentários tipo Planet Earth e caminhar próximo à natureza para me inspirar a cuidar melhor da nossa terrinha.

Lazer
13. Escolha um dia para ficar sem tecnologia: o mero ato de tirar os aparelhos da tomada reduz o consumo de energia elétrica e um dia sem televisão, videogame e computador pode aproximar a família de um estilo de vida mais simples e, assim, mais ecológico.

14. Plante ervas no quintal, na varanda ou na janela: além de sair da terra para a mesa em segundos, cultivar plantas nos aproxima da natureza e pode fazer com que tenhamos mais cuidado com o planeta. E as crianças adoram as plantinhas!

15. Em aniversários e/ou festinhas, use copos e pratos reutilizáveis: você não precisa usar a própria louça do dia a dia (que quebra), mas uma boa alternativa é comprar copos e pratos de plástico que possam ser reaproveitados, ao invés de comprar aqueles mais baratos que não duram nada.

16. Faça do shopping um lugar para comprar, não para passear: essas “mecas de consumo” servem justamente para isso e não devem ser tratados como entretenimento (veja a dica #10).

Geral
17. Compre menos: eu só passei a levar isso a sério depois de ver o excelente vídeo The Story of Stuff (abaixo). Nada tem um impacto maior do que simplesmente recusar-se a participar do ciclo de desmatamento, poluição e esgotamento de recursos.

18. Reaproveite roupas e acessórios de amigos e parentes: tão óbvio e milenar que dispensa explicações.

19. Doe roupas, brinquedos e objetos que possam ter utilidade para outras famílias: idem

20. Se não der para ser “verde” o tempo todo, seja sustentável pelo menos 50% do tempo: qualquer pequena mudança será benéfica. Não termine de ler isso achando que você não conseguirá ser ecológica porque não está disposta a usar fraldas de pano ou virar vegetariana. Experimente usar fraldas de pano durante o dia, quando seu filho fica em casa, só duas ou três por dia. Escolha um dia para ficar sem carne por semana. E pronto, já estará fazendo uma diferença!

Antes de partir, não deixe de ver o vídeo. Prometo que serão 20 minutos muito bem gastos! (ou melhor, 40, já que você já dedicou os primeiros 20 lendo esse texto)

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em Uncategorized

10 Respostas para “20 dicas para ser uma mãe mais ecológica

  1. Eu vi esse video faz algum tempo as super vale a pena.
    Vindo d uma Mae Eco Neurotica talvez eu nao tenha mto credito, mas tdas essas dicas sao atitudes simples q qq um possa adotar no dia a dia, e posso afirmar com orgulho q faço todas elas dentro do meu possivel! ;)

  2. Perfeito este post! Será linkado no site whatmommyneeds.com.br tá? Sobre as fraldas de panos, temos sugerido às nossas clientes que comecem usando de noite, quando há menos trocas e menos chance de sujar de cocô, e de manhã é só jogar na máquina com as roupas da família. Mas, pra isso, é bom comprar uma fralda toda em algodão, bem absorvente, e ter a capa impermeável de PUL. De dia, dá pra usar as fraldinhas menos volumosas, e ir intercalando com as descartáveis. Vale a pena!!!

    • Claro, Carol. Obrigada por compartilhar e pelo comentário. Eu ouvi dizer que a combinação fralda em algodão (ou bambu) + capa impermeável é infalível para noites sem vazamentos. E isso de intercalar o uso das FP com as descartáveis é ótimo para quem não tem certeza se vai se adaptar à rotina de lavar as fraldas. Pelo o que ouço por aí, a maioria das pessoa que exprimenta adora e acaba virando defensora das FP. bjo!

  3. Que post inspirador, Clarissa! Amei. O post merece ser compartilhado, tenho certeza que outras mamães irão adorar todas as dicas! =)

  4. Ana

    Um site que tb super tem ajudado é o http://www.estilosustentavel.com.br
    Acessórios e roupinhas feitas com algodão organico!

  5. Pingback: 20 dicas para ser uma mãe mais ecológica « bebê natureba

  6. Patrícia

    Amei as dicas!
    Mas comer menos carne é muito desafio pra mim no momento… haha
    Fraldas d pano são outro desafio pra mim… até hj não achei uma única loja q vendesse… só pela internet, mas gostaria d poder “pegar” antes d comprar… logo: por falta d opção, ainda não pude desfrutar desse artifício… tsc
    Essa do dia sem tecnologia adorei, e vou experimentar! Apesar d saber q será uma batalha sangrenta aqui em casa..rs
    E o vídeo, adorei!
    Mas confesso q me deu uma angústia terrível…rs
    O legal é q no final a mulher do vídeo me tranquilizou, uma vez q já exitem pessoas pensando e lutando contra esse processo degradante da natureza…
    No final me deu esperanças… pq se parasse no meio… eu entraria em depressão ecológica… haha

  7. Maria José Junqueira Ximenes

    Preciso de orientãção urgente sobre como fazer fraldas de pano e calças de plástico laváveis.
    Obrigada,
    Maria José

    • Oi, Maria José. Você quer fazer ao invés de comprar? Como não sou fabricante, realmente não sei como te ajudar. Acho que você encontra fralda cremer por metro (basta cortar e fazer bainha). A calça plástica é mais complicada – não sei nem por onde começar… Talvez seja mais simples comprá-las? Boa sorte! Abraço, Clarissa

  8. Parabéns pelo post! Essa é a mãe que eu quero ser!
    Algumas medidas foram/são mais fáceis de adotar que outras. Mas sei que quanto mais consciência e atitude, melhor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s